Terça-feira, 06.05.08
Desde pequenina que tenho "Déjà vus" com alguma frequência, claro está que em pequerrucha não fazia ideia o que era e sabia lá eu o que era Déjà vu! Quando sentia aquelas coisas esquesitas ficava um pouco confusa, mas nunca disse nada a ninguém, porque tinha medo que achassem que era maluquinha fui crescendo, os acontecimentos continuaram acontecer...fui-me informando, via filmes que falavam sobre isso, lia coisas em revistas/livros e assim comecei a perceber o que tinha de vez em quando! Tótó se soubesse que era uma coisa tão normal podia ter falado com alguém...

Há fases em que tenho mais, agora já há muito tempo que não tenho e ainda bem, digo ainda bem porque não é uma coisa que me agrade muito, é uma impressão tão estranha, é das piores sensações que posso ter...provoca-me arrepios só de pensar. Mas uma coisa que detesto hoje em dia é pessoas que dizem que tiveram um Déjà vu quando vêem uma coisa 2x ou só porque acham chique dizer uma coisa assim franciû (muitas vezes nem sabem o que significa o que estão a dizer...).

Hoje considero-me uma pessoa informada acerca deste tema e gosto de pesquisar sobre isto de vez em quando...ora bem para quem não sabe Déjà vu, de forma muito simples, é experienciar algo pela primeira vez, embora tenhamos a sensação que já vivemos esse momento (seja uma visão, uma conversa, qualquer coisa...) e daí ser uma impressão angustiante, porque temos a certeza que nunca vivemos aquilo mas no entanto "lembramo-nos" do que vai acontecer, o período de Déjà vu normalmente dura poucos segundos.

O que me angustiou um dia foi descobrir que há pessoas que sofrem de Déjà vu crónico...pessoas que sofrem destes acontecimentos com muita frequência e de forma inexplicável, ao ponto de deixarem ver as notícias, de ir algum sítio novo

É quase como saber o futuro, a vida perderia toda a graça (muitas vezes desejamos saber se estamos a tomar a decisão certa, queríamos saber o que vai acontecer, saber o amanhã...mas só de pensar o que estas pessoas sofrem, acho que a vida seria mesmo muito estúpida se o soubessemos!). Alguns cientistas defendem que o Déjà vu é causado por "falhas" da memória, imaginem um interruptor de luz, as pessoas que sofrem este problema tem o "interruptor" muitas vezes ou sempre ligado e daí terem recordações de coisas que estão a experimentar pela primeira vez! O corpo humano é quase perfeito, mas também tem falhas :) Isto não tem nada de engraçado, mas não deixa de ser interessante...felizmente o meu "interruptor" da memória tem estado normalzito e que se mantenha assim! Uma coisa que ainda não consegui perceber é porque é que há pessoas que passam a vida inteira sem ter um Déjà vu e outras como eu, tem destas coisas desde pequenina...

sinto-me:
Tags:

publicado por Teresa às 20:58 | link do post | comentar | ver comentários (21)

Quem sou & onde estou...

Caracolinho é alcunha claro está! Digo-vos que me assenta que nem uma luva...Gosto da minha concha, de me sentir protegida, quanto ao resto... tenho um mundo inteiro para descobrir e desbravar, talvez me encontre verdadeiramente num recanto qualquer. A vida é feita de encontros e desencontros e agora começo a percebê-lo!

Perfil

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


101 Things on 1001 Days

Lista de Tarefas


(49/101) 49% Realizadas!
Posts recentes

Déjà vu

comentários recentes
Boa tarde,O anti inflamatório que tomei foi o beta...
Não, isto aconteceu num laboratório! :)
Boa noite,Qual anti inflamatório seu médico lhe in...
faz parte de um parque natural??
estes comentadores sao muito perversos!! o:
Tags

todas as tags

Posts mais comentados
21 Comentários
Links
Dedução de despesas com saude animal em IRS
Baú de posts
blogs SAPO