Domingo, 09.08.09

Hoje faz um ano que voltei de Espanha, o tempo voa...

1 ano depois estou bem, podia estar melhor mas estou muito melhor que há um ano atrás.


Só queria deixar de ser a "bósnia renegada da família" (private joke)


Vamos 'comemorar' para a praia das Maçãs e para finalizar comer um prego ao fim da tarde, estas maravilhas não existem em Espanha! :P


P.S. - Continuo a dizer que podemos ter uma merda de um país, em que nada funciona e o que funciona está prestes a dar o berro, mas gosto tanto de nosso cantinho à beira mar plantado.



publicado por Teresa às 14:28 | link do post | comentar | ver comentários (6)

Quinta-feira, 30.07.09

Estou a demorar imenso tempo a ler o livro "Comer, Orar, Amar" pelo simples facto de que estou a devorar cada palavra, absorver cada frase! Estou a descobrir-me a mim, é quase como ir ao psicólogo, mas melhor porque com palavras e MUITA reflexão ajudo-me a mim mesma, adoro esta sensação. Eu sei que pedir ajuda não é negativo, mas gosto de conseguir certas coisas sozinha (que hei-de fazer...sou teimosa!).

 

Apesar da parte passada em Itália ser muito mais divertida, a verdade é que a Índia deu-me muito mais a conhecer de mim mesmo...a vida não só coisas boas, alegria, dolce fare niente tem o lado que não queremos, mas que é imprescindível para crescer-mos, sem a parte má as coisas boas da vida não teriam o mesmo significado! Na Índia temos a parte má, que depois nos trás coisas ainda melhores...o livro fala bastante de religião, sem no entanto ser maçador e é isso que me agrada. Eu gosto de fazer a minha religião, de me ir descobrindo...talvez um dia consiga falar com alguém superior seja Deus ou o nome que lhe queiramos dar.

 

Há uma parte do livro passada Índia que me recordou o que penso tantas vezes....o facto de nos queixarmos tanto e a maioria de nós ser tão sortudo, temos uma vida cheia de coisas boas, também coisas más, mas nada comparadas com as pessoas que passam fome, que não têm ninguém no mundo, que não têm um lugar a que chamar lar, que não vivem em paz. Também fala de vidas passadas e futuras, não sei se acredito em outras vidas mas who cares?! Quero parar de me queixar das pequenas 'grandes' coisas que me correm mal, que me atormetam porque esta é a minha vida, agora! Quero deixar de me queixar e viver porque sou uma pessoa cheia de sorte, sou feliz.



publicado por Teresa às 19:22 | link do post | comentar | ver comentários (9)

Sexta-feira, 30.01.09

(imagem retirada da internet)

 

Fui ao centro de emprego, esperei 4 horas e lá fiz a inscrição, continua tudo igual está claro...continuo a enviar CV's todos os dias, ir ao iefp não me deu esperanças nenhumas, aliás só fui lá para estar de consciência tranquila. Ainda tive direito ao "mini apanhado", o senhor que me atendeu vira-se para mim e pergunta-me se bióloga leva acento e em que 'o'? Eu nestas situações fico perplexa, mas respondo como se me tivessem a fazer uma pergunta normalíssima!  Estas pessoas se não sabem escrever, deviam ter formações para aprender (estão no local certo não é?), agora virar-se para o candidato e perguntar...por amor da santa paciência! Tenho de salientar que o senhor foi muito simpático, só houve mesmo este senão.

 

Tenho saudades tuas. Tenho saudades de te ouvir sem parar falar das programações e não perceber um c*r*lh* do que estás a falar, mas ouvir também conta, como tu dizes sempre...tenho saudades de me chateares a cabeça com coisas que não lembra a ninguém, tenho saudades dos teus abraços, dos mimos a toda a hora, tenho saudades dos passeios e dos lanches na roulotte do pão com chouriço (coisa mai linda), tenho saudades de dormir abraçada a ti e sufocar com o calor! Tenho saudades de tudo e de nada, tenho saudades de ter ter aqui simplesmente. Porque é que só damos o devido valor às pessoas quando não as temos por perto...sou uma estúpida!

"Eu quero-te tanto, não saberia não te ter..."

 

Os dias passam e eu vejo-os a passar...sinto-me bem dentro do razoável, é impossível estar bem quando sentimos frustração por vermos as nossas capacidades a não serem utilizadas e aproveitadas quanto deviam ser. Eu sou uma pessoa de objectivos, gosto de traçar um objectivo e chegar até lá...tracei o objectivo de entrar na faculdade numa universidade pública, sabia contra o que tinha de lutar, dependia de mim, do meu esforço e do meu empenho no estudo; depois veio a curso, o objectivo passou a ser terminá-lo com uma boa média tal como na meta anterior dependia de mim sobretudo, é fácil quando assim é! Ao longo da minha vida tenho lutado para um objectivo  principal que é ter uma vida normal e vou ultrapassando os limites da minha doença à medida que vão surgindo, são etapas ganhas e que me ajudam a seguir em frente, até quando tive em camas de hospitais tinha força para lutar, lutava contra uma coisa que não queria para mim, melhor...lutava para conseguir ter uma vida como a de qualquer pessoa (mesmo que a ritmo de caracol!) e até isto tenho conseguido....luto contra não sei o quê, mas a força de vontade e a força de viver têm-se sobreposto às dores, às dificuldades, a tudo (sendo muitas vezes o apoio da família e amigos, uma peça fundamental). Agoro deparo-me com o objectivo  seguinte que tracei, arranjar emprego e aqui está o problema. Estou a lutar contra quê, contra o desemprego e crise que se vive em geral?! Penso muita vez se estou a fazer o suficiente, mas também não sei o que posso fazer mais...a vida continua é certo, mas enquanto não ultrapassar este objectivo, não posso traçar o próximo! E isto aborrece-me...estou estagnada.


sinto-me: farta de chuva, sou só eu?!
música: Fergie - Big girls don't cry

publicado por Teresa às 17:22 | link do post | comentar | ver comentários (19)

Sábado, 22.11.08

Tenho andado meia 'perdida' do mundo blogesférico, os dias tem sido agitados...pouco tempo passado em casa, no final dos dias parece que não fiz praticamente nada, a verdade é que fiz mas passa a correr o tempo! Gostei de saber que a maioria de vocês que me lêem gostaram do novo visual do cantinho, é bom saber a vossa opinião :)

 

Esta semana fiz exames ao coração, um ecocardiograma e andei com o 'amigo' holter durante 24h (este exame nunca tinha feito, basicamente é um electrocardiograma que faz o registo durante 24h de um dia normal, com todas as actividades habituais), agora é esperar pelo dia 9 de Dezembro para saber se os músculos do meu coração estão bem! Tem sido um mês cheio de consultas, maioritariamente de rotina mas cansa e 'dói' na carteira, mas felizmente tem estado tudo bem, continua tudo estável e isso é o importante. 

Fui a uma entrevista para uma empresa de consultoria científica, experiência falhada, também não estava à espera que corresse às mil maravilhas sendo a minha primeira entrevista profissional e sendo eu muito caladinha...para a próxima correrá melhor!

 

A minha Daisy 'viu a morte' por um canudo...safou-se por pouco e graças ao Bixano que correu desalmado para casa e principalmente ao meu pai que o viu muito assustado e pelos barulhos no jardim calculou que algo de estranho se passava, era o meu Caramelo já abocanhar a minha gata e de pata a segura-la!!! Felizmente foi só susto e não chegou a mordê-la...esta gata não tem tido uma vida muito calma e é propensa acidentes, já caiu duas vezes (3º e 2ºandar), entalou uma pata numa gaveta, queimou o rabo numa vela e agora esta aventura...para além de tudo isto, desconfio que ela seja autista! Mas ela já está bem, sempre no seu mundinho perdido...a olhar para paredes ou vidros ao mesmo tempo que se abana tipo baloiço e na sua carência por festinhas na cabeça, horas intemináveis em que não se cala enquanto não tiver os mimos todos!

 

Quinta-feira fomos ao Portugal Tecnológico 2008 na FIL, uma "montra" de diversas empresas de diferentes ramos que contribuem para o melhor que se faz, no nosso "pequeno cantinho", em termos de tecnologia. Gostei da exposição e do espaço, ainda não tinha ido à 'nova' FIL no Parque das Nações...é pena ainda não se verem muitas empresas da minha área (biologia) nestes eventos, a maioria eram das áreas informáticas como é lógico, mas gostei da experiência e de ver todas as inovações e invenções! Foi uma tarde diferente.

 

Enfim tudo na mesma na caracolândia, o melhor mesmo é que o mês de Novembro está a terminar e a nossa casa vai regressar à normalidade :) Bom resto de fim-de-semana, divirtam-se o melhor que puderem e souberem! 


sinto-me: frio vens para ficar?!

publicado por Teresa às 23:45 | link do post | comentar | ver comentários (8)

Quarta-feira, 24.09.08

Ok está decidido...tenho que deitar a baixo a desmotivação que anda a tomar conta de mim! A partir de hoje vou esforçar-me mais para combater esta fase menos boa e voltar a sorrir, porque já há umas semanas que me ando a sentir em baixo, cada dia mais desanimada e frustrada, não posso deixar estes sentimentos controlarem a minha vida.


Primeira tarefa que tomei: hoje recomecei a hidroginástica, desporto faz bem à saúde (e eu bem preciso de exercício físico) e também à mente, esta não é uma balela publicitária que ouvimos por aí, faz mesmo bem... Adorei! Segundas e quartas lá estou eu caída! Tarefa 64 arrumada


Como ando desanimada, escrever a tese de mestrado tem sido coisa que não faço...sim porque eu sou daquelas pessoas que ou faço bem as coisas ou não toco nelas, pode ser considerado um defeito, mas sou assim que se há-de fazer :S, então para me motivar estou a pensar inscrever-me como voluntária no canil da minha àrea de residência para ajudar no que puder...tempo não me falta enquanto não arranjar emprego e animais são a minha paixão, acho que me motivaria a sentir-me bem, a ter a cabeça aliviada e pronta a deitar cá para fora frases produtivas...vamos ver, é uma ideia apenas mas estou fortemente inclinada para executá-la.

 

Obrigado Ima, a conversa de tarde também me ajudou...às vezes um simples empurrãozinho faz toda a diferença! 


sinto-me: um bocadinho + animada
música: Mandy Moore - Only hope

publicado por Teresa às 19:21 | link do post | comentar | ver comentários (9)

Quem sou & onde estou...

Caracolinho é alcunha claro está! Digo-vos que me assenta que nem uma luva...Gosto da minha concha, de me sentir protegida, quanto ao resto... tenho um mundo inteiro para descobrir e desbravar, talvez me encontre verdadeiramente num recanto qualquer. A vida é feita de encontros e desencontros e agora começo a percebê-lo!

Perfil

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


101 Things on 1001 Days

Lista de Tarefas


(49/101) 49% Realizadas!
Posts recentes

Confissões à beira dos 27

forward

Encantos perdidos

Voltei (com mais força!)

A esperança no limite...

1 ano depois...

Cheguei à Indonésia...

Um pouco de tudo (e nada)

Dias agitados...

Faz-te à vida gaja!!!

comentários recentes
Boa tarde,O anti inflamatório que tomei foi o beta...
Não, isto aconteceu num laboratório! :)
Boa noite,Qual anti inflamatório seu médico lhe in...
faz parte de um parque natural??
estes comentadores sao muito perversos!! o:
Tags

todas as tags

Posts mais comentados
33 Comentários
Links
Dedução de despesas com saude animal em IRS
Baú de posts
blogs SAPO