Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008

Queixamo-nos tantas vezes dos nossos pequenos e insignificantes problemas, é certo que nos parecem do tamanho do mundo...mas e não ter o que comer, não será pior? Ou não ter o que dar de comer aos nossos filhos? Por isso e porque com o pouco que seja podemos sempre ajudar, vá às compras este fim-de-semana e alimente o Banco Alimentar Português. Gastamos tanto, não são uns cêntimos que custa um pacote de leite ou umas conservas que nos fazem mais pobres, não é? Ajuda tu também!

 

 

Recolha de alimentos este fim-de-semana (29 e 30 de Novembro), sendo que a compra de vales correspondentes a alimentos decorre até dia 7 de Dezembro. Podes ajudar agora e durante todo o ano, mais informações aqui.


sinto-me: generosa

publicado por Teresa às 16:49 | link do post | comentar

12 Comentários:
De DyDa/Flordeliz a 29 de Novembro de 2008 às 01:34
Tens razão não custa mesmo, uma vez!
Mas a verdade é que nesta época não se pode ir ás compras a lado nenhum.
Pedem todas as vezes que te aproximas da porta de uma superficie comercial - E isso cansa!
Eu não me considero cega. E quando tenho intenção de dar sei pegar no saco e encher com o que tenho em mente.
Agora enfiarem-me os sacos 20 vezes... se eu cair na asneira...de entrar 20 vezes...em sitios diferentes.
Como diz alguém: "Por amor da Santa" acaba-se-me mais depressa a paciência que o dinheiro.
Desculpa Caracolinho é apenas um desabafo, nesta época andar ás compras dá cabo dos meus nervos.
A música; Os embrulhos exagerados; Brinquedos ao molhe; Gente a abarrotar...
Ás vezes tenho a impressão que deixei de gostar de que seja Natal em Dezembro.

Beijo


De Teresa a 29 de Novembro de 2008 às 11:05
Não tens que pedir desculpa pelo desabafo, estás coberta de razão no que disseste e és tão parecida com a minha caracoleta que é impossível levar a mal :)

Beijinho quentinho*** Bom fim-de-semana


De sandra a 30 de Novembro de 2008 às 12:36
O mal é que comentam que esses alimentos por vezes sao desviados e as pessoas ficam com duvidas se dao ou nao. Temos que acreditar nao é..

beijinhos


De Teresa a 2 de Dezembro de 2008 às 13:47
Pois, há quem sempre comente essas coisas, mas acho que neste caso é mais 'boatos maldosos' que outra coisa...acho que quando são donativos em dinheiro o perigo de desvio é que é grande! Seja como for, cada um faz o seu melhor por ajudar e o que a consciência manda não é? :)

Beijinho***


De Inês ;) a 30 de Novembro de 2008 às 14:43
È mesmo assim!!
O que é que nos custa dar um pacote de arroz ou algo do género.. Não custa mesmo nada,.... Não ficamos mais pobres.. Não é por causa desses euros a menos que nos vai faltar alguma coisa...

Eu tenho o habito de dar, mas normlamente tento sempre dar comida para os mais pequenos... As pessoas dão quase sempre comida para gente grande e muitas vezes esquecem dos bebés, por iso opto por dar papas, leite e coisas do género!

Beijinho


De Teresa a 2 de Dezembro de 2008 às 13:48
Por acaso nunca tinha pensado nisso, dou sempre comida para os grandes efectivamente :) mas para a próxima vou adicionar qualquer coisa para os mais pequenos também!

Beijinho***


De Sete Vidas a 30 de Novembro de 2008 às 22:54
Fui voluntária na campanha do Banco Alimentar durante sete anos e posso dizer-te que a generosidade das pessoas por vezes surpreende. Eram raros os que não aceitavam os sacos e alguns enchiam carrinhos com compras para dar.
Claro...Também ouvi respostas que me envergonho de reproduzir mas... felizmente... foram a minoria.
O importante é que de ano para ano as contribuições aumentam e os alimentos vão para quem realmente precisa deles (pelo menos nunca me apercebi do contrário). Recuso-me a dar donativos em dinheiro (sei por conhecimento de causa que em alguns casos o dinheiro não vai para onde é preciso), mas nestas recolhas participo prontamente. Roupa e comida não custam assim tanto a dar e fazem falta a quem não tem possibilidade de as comprar.
Devíamos ter este espírito o ano inteiro... não só quando nos pedem para o fazer... mas sobretudo por nossa iniciativa.
Bjocas doces***


De Teresa a 2 de Dezembro de 2008 às 14:32
Obrigado por partilhares a tua experiência, é sempre ouvirmos alguém que está do lado de lá para sabermos que as coisas funcionam (embora todos possamos ser voluntários se quisermos!).

Pois devia haver mais 'solidariedade gratuita', sem que fosse preciso haver campanhas ou épocas próprias, simplesmente porque somos humanos e queremos ajudar o próximo que tem menos do que nós!

Beijinhos***


De chezki a 2 de Dezembro de 2008 às 16:13
Ai como eu te entendo meu Caracolinho... e tu sabes que não deve de haver ninguém mais mãos largas do que eu (só igual), mas como diz a Flordeliz não há paciência que resista neste mês de Dezembro, quando afinal Natal é quando uma mulher quiser!

Organizem-se. Façam peditórios repartidos. Afinal comemos durante todo o ano.

Gostei da ideia da alimentação dos petizes.

Não fui ás compras este fim de semana, mas hoje irei, expressamente, para dar a minha contribuição.

Beijocas
Mãe Caracoleta


De Blogadinha a 2 de Dezembro de 2008 às 18:02
A caridade natalícia irrita-me deveras. Tão ilusória...
Não sei se és adepta da coisa, mas tenho um desafio para ti no blogue:

http://blogadinhadosvirtuais.blogs.sapo.pt/48142.html

Boa semana!


De Teresa a 3 de Dezembro de 2008 às 23:46
Eu entendo o teu ponto de vista, não deviamos ajudar apenas porque é Natal, mas se a maioria das pessoas só o faz nesta altura...olha que se lixe, que ao menos ajudem uma vez no ano!!!

Obrigado pelo desafio, não será esquecido embora não tenha percebido muito bem a coisa LOL (loira)

Beijinhos***


De Blogadinha a 4 de Dezembro de 2008 às 17:11
É uma ironia saudável, mas um sentido de consciência deveras irritante - como se alguém só pudesse ter fome ou frio uma vez por ano, mas enfim...

Basicamente, o deafio passa pela enumeração dos teus 7 vícios. Sou avessa a estes desafios - explícitos e sem margem para criatividade, daí a resposta alternativa e debochada... lol

Bjinhos.


Comentar post

Quem sou & onde estou...

Caracolinho é alcunha claro está! Digo-vos que me assenta que nem uma luva...Gosto da minha concha, de me sentir protegida, quanto ao resto... tenho um mundo inteiro para descobrir e desbravar, talvez me encontre verdadeiramente num recanto qualquer. A vida é feita de encontros e desencontros e agora começo a percebê-lo!

Perfil

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Postcards Exchange
101 Things on 1001 Days

Lista de Tarefas


(49/101) 49% Realizadas!
Posts recentes

A minha última palavra...

"O Último Livro"

Just saying...

#45 Época do Tomate

#44 Praia (1ºdia)

#43

#42 Chocolate Heart

#30 Just love crocs!

#29 Made by me & for me (...

#28 Fim-de-semana X(X)L

comentários recentes
Boa tarde,O anti inflamatório que tomei foi o beta...
Não, isto aconteceu num laboratório! :)
Boa noite,Qual anti inflamatório seu médico lhe in...
faz parte de um parque natural??
estes comentadores sao muito perversos!! o:
Tags

todas as tags

Posts mais comentados
Links
Dedução de despesas com saude animal em IRS
Baú de posts
blogs SAPO
Add to Technorati Favorites